Monstros do Rio – assustadores animais aquáticos que habitam rios e lagos

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 , Postado por Tatiana C. Mendes em 00:11

Abaixo seguem algumas fotos de animais aquáticos, como esturjões, peixes, arraias, entre outros, que são considerados verdadeiros “Monstros do Rio” – como o próprio título do programa de onde foram tiradas essas imagens. O homem que aparece segurando os animais chama-se Jeremy Wade – apresentador do programa.

Esturjão-Branco
Esturjão-branco (Acipenser transmontanus):
Tamanho: varia por espécie; o maior já encontrado chegou a 6 m e 815 kg.
Habitat: águas costeiras, rios.
Iscas favoritas: arenque.
O esturjão-branco existe há 100 milhões de anos. O maior já encontrado media mais de 6 metros de comprimento e pesava mais de 800 quilos. O esturjão-branco vive nas águas costeiras da América do Norte, do Alasca a Baja California, e em rios de água doce em estados como Montan (EUA). Sua cor é cinza ou castanha, e seu abdômen é amarelado.



Tubarão-Tigre
Tubarão-tigre (Galeocerdo cuvier):
Na foto, Jeremy Wade segura em suas mãos um tubarão-tigre no rio Breede, África do Sul.
Tamanho: Machos - 2,35 m, 90 kg; Fêmeas - 2,4 m, 129 kg.
Habitat: Águas rasas, costeiras e subtropicais, baías e estuários, rios de água doce.
Iscas favoritas: Cavalas recém-pescadas.



Peixe-Tigre Africano

Nativos do Congo carregando um Peixe-Tigre Africano
Peixe-tigre africano (Hydrocynus goliath):
Tamanho: Este peixe pode chegar a 1,5 m e pesar 70 kg, apesar de haver relatos de espécies de quase 135 kg.
Habitat: lagos, rios turbulentos.
Iscas favoritas: qualquer peixe vivo; esta espécie morde qualquer coisa.

Este peixe-tigre é muito arisco, mas você talvez consiga pescá-lo se tiver disposição para vigiá-lo durante longos períodos, um equipamento resistente e um arpão bem afiado. Ele morde tanto iscas falsas quanto vivas, e se seu anzol ficar bem encravado, torça para resistir às violentas sacudidas deste monstro. Quando o peixe-tigre africano salta, abaixe a vara para amortecer o choque contra a linha.




Perca-do-Nilo
Perca-do-nilo (Lates niloticus):
Jeremy Wade segurando uma perca-do-nilo. Rio Nilo, Uganda.
Tamanho: até 1,8 m e mais de 225 kg. Espécimes menores são encontrados facilmente.
Habitat: lagos.
Iscas favoritas: presas pequenas do lago e diversas iscas falsas.



Cabeça-de-Cobra Gigante
Cabeça-de-cobra gigante (Channa micropeltes):
O cabeça-de-cobra gigante, Channa micropeltes, é um peixe assustador. Ele ocorre no sul e sudeste da Ásia, Índia e Vietnã, em lagos e rios.

Para perseguir sua presa, o cabeça-de-cobra gigante curva seu corpo como um 'S' e projeta sua cabeça para frente para atacar. Seus pratos prediletos são outros peixes, sapos e aves, mas até incautos seres humanos podem fazer parte de seu cardápio.



Arraia Gigante de Água Doce
Arraia gigante de água doce (Himantura chaophraya):
Tamanho: até 5 m e 540 kg, mas espécimes menores são mais comuns.
Habitat: fundo de rios.
Iscas favoritas: camarão de água doce.
As arraias gigantes de água doce são pouco avistadas porque são extremamente ariscas. Costumam se enterrar em leitos arenosos, onde respiram por buracos ou espiráculos. Ocultas no fundo, elas esperam por moluscos e caranguejos e podem detectar a presença de um animal por seu campo magnético.



Cabeça-de-Cobra
Cabeça-de-cobra (Channa marulius):
Tamanho: até 1,8 m de comprimento e 30 kg.
Habitat: lagos, rios, canais e reservatórios.
Iscas favoritas: sapos, vermes, fígado de galinha.

Currently have 5 Opiniões (Dê a sua!):

  1. chita says:

    que fishe que sao os animais
    vao ao meu www.forcadodragao.blogspot.com

  1. Anônimo says:

    existia peixes colossais nos tempos da era comum. e nesse dias no presente ainda acontece fenomenos criaturas grandes

  1. Anônimo says:

    peixes muitos fodas

Leave a Reply

Postar um comentário

O que pensa sobre isso? Obrigada pela ponderação!
(Comentários que contenham palavras de baixo nível, ou fora de propósito, não serão aceitos)

Mais matérias interessantes...